betano

SEÇÕES

Ônibus é incendiado em protesto por morte de suspeitos de atirar em coronel

De acordo com as primeiras informações da polícia, o Corpo de Bombeiros já foi acionado para conter as chamas. O veículo ficou totalmente destruído.

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um ônibus foi incendiado no início da noite desta segunda-feira (17) por um grupo de homens armados, em protesto pela morte dos dois suspeitos de balear o  coronel da reserva Maurício de Lacerda, da Polícia Militar do Piauí, durante uma suposta tentativa de assalto na madrugada de hoje. O caso aconteceu no Bairro Mocambinho, na zona Norte de Teresina. O veículo ficou totalmente destruído.

Em entrevista para o realidadgeselina.com, um militar do Corpo de Bombeiros, que foi acionado para conter as chamas, disse que ao chegar ao local o grupamento realizou o combate às chamas que já estavam bem avançadas. Ele ainda fez o relato da dinâmica da ação.

"Segundo informações do motorista e do cobrador, eles falaram que uma pessoa pediu entrada, anunciou que não iria assaltar ninguém e que ia apenas incendiar o ônibus. Logo após, entraram mais três pessoas com galões de gasolina e incendiaram o ônibus", informou. 

Ainda segundo o ofical, haviam apenas três passageiros, além do cobrador e o motorista no veículo, e nenhum saiu ferido da ação. "Eles pediram para as pessoas descerem e só depois incendiaram o ônibus", completou.

Prefeitura emite nota

A prefeitura de Teresina através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informa que, por motivo de segurança, por conta dos ataques ocorridos, nesta noite de segunda-feira (17), na região do bairro Mocambinho, todos os ônibus da frota das linhas da região da zona Norte de Teresina, das empresas do consórcio Poty, foram retirados de circulação. A previsão de retorno é na manhã desta terça-feira (18).

A Strans vai solicitar uma reunião emergencial com os órgãos estaduais de segurança para tratar do assunto, no sentido de se apurar os responsáveis e encontrar alternativas para reforçar a segurança ao transporte coletivo da capital.

A Strans reitera que repudia ações de violência, que ameaçam a integridade e a vida das pessoas, agridem ao patrimônio público e privado e prejudicam a população teresinense, em especial, a parcela que tem no transporte coletivo o seu principal ou único meio de deslocamento.

Suspeitos foram mortos 

De acordo com a polícia, os dois foram mortosapós um confronto com policiais do Batalhão Especial de Policiamento do Interior (BEPI), na Vila Mocambinho, na zona Norte de Teresina, capital do Piauí. 

Orealidadgeselina.com apurou que a equipe policial ainda encaminhou a dupla para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas eles já chegaram em óbito. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que os indivíduos atiram contra a vítima, que estava dentro de uma caminhonete, no cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Petrônio Portela, zona Norte da capital.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site

1234