betano

SEÇÕES

Dono da Rei do Iphone já criticou a polícia em vídeo: “Tudo vagabundo”

O delegado Charles Pessoa, coordenador do GRECO rebateu a gravação e declarou que o Estado não tem medo de nenhum tipo de ameaça.

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Umvídeo publicado pelo empresário Vinícius Teixeira Castro, mais conhecido como ‘Rei do Iphone’ voltou a circular nas redes sociais após a notícia da sua prisão na quinta-feira, 02 de fevereiro, durante uma operação da Polícia Civil do Piauí que visava o cumprimento de mandados de busca e apreensão por suspeita de revenda ilegal de aparelhos telefônicos. 

No vídeo, o acusado critica a Equatorial e a Polícia Civil do Piauí e chega a chamar os policiais de ‘vagabundos’. Vale destacar que em setembro de 2022, o empresário foi preso acusado de furto de energia.

“Em última mão aqui, que uma pessoa lá de dentro da Equatorial me disse, o foco deles é zona Leste, quem trabalha mais para ter um nome a zelar, que eles tão nesse foco aí, a Equatorial junto com os policiais que estão recebendo por essas missões aí, entendeu? Tem policial civil com crachá da Equatorial armado nessas operações. A zona Leste fica com a orelha em pé porque muitos direitos que eu tinha eles não me avisaram, poderia ter um eletricista meu, um perito meu para ‘tá’ em cima desse laudo, quando eles não acham nada eles chamam esse perito de uma empresa terceirizada, no caso teria que ter um perito da minha empresa também. Enfim, os caras são sujos, é uns caras sorrindo pra ti, uns policiais civis sorrindo para ti, abraçando e metendo a faca por trás. São tudo vagabundo, imundo, falso, podre que poderia servir a gente com a segurança pública, correr atrás do que é certo na criminalidade e não no cidadão, trabalhando para comprar casa. Então fica ‘veaco’ quem tem empresa na zona Leste, empreendedores sofridos se atentem que a quadrilha organizada está em cima da Equatorial”, declarou.

Em contrapartida, o delegado Charles Pessoa, coordenador do GRECO em entrevista ao Bom Dia betano rebateu a gravação e declarou que o Estado não tem medo de nenhum tipo de ameaça.

“Eu nem tinha conhecimento desse vídeo, mas eu posso assegurar que a gente age de forma imparcial, a partir do momento que a gente assume uma determinada função nós somos representantes do Estado, o Estado não tem medo de nenhum tipo de ameaça, pelo contrário essas ameaças nos estimulam cada vez mais a continuarmos desenvolvendo as nossas atividades. Se você não tem envolvimento com a criminalidade, nem se preocupe, pode dormir tranquilamente. Agora se você de alguma forma ou de outra tem envolvimento com a criminalidade tente acordar mais cedo porque logo logo o sistema de segurança pública vai estar batendo na sua porta”, finalizou. 

Acusado gravou vídeo criticando os policiais - Foto: Reprodução

SOLTOS APÓS PAGAMENTO DE FIANÇA

Os empresários Vinícius Teixeira Castro e Leonardo Cavalcante, donos das lojas Rei do IPhone e Léo Imports, respectivamente, presos na quinta-feira (02) durante a Operação Interditados em Teresina, foram soltos após pagarem uma fiança de R$ 52.080,00 mil cada. Os estabelecimentos foram alvos da operação que visava o cumprimento de mandados de busca e apreensão por suspeita de revenda ilegal de aparelhos telefônicos.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site

1234