betano

SEÇÕES

Exclusivo Ricardo Salles pede que ex-GSI Gonçalves Dias deponha na CPI do MST

Governistas acreditam que durante a oitiva na Comissão, os questionamentos possam ser desvirtuados para os atos do dia 08 de janeiro.

Salles pede para que Gonçalves Dias seja convocado | Lula Marques/Divulgação
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O deputado federal Ricardo Salles, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), protocolou nesta segunda-feira, 19 de junho, um requerimento solicitando a convocação do ex-Ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, Marco Edson Gonçalves Dias, como testemunha. O objetivo é obter esclarecimentos sobre as ações da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) no monitoramento de invasões de terra ocorridas durante o atual governo, quando Dias estava à frente do Ministério.

Alguns governistas acreditam que durante o depoimento possa ocorrer uma tentativa de desviar os questionamentos para os atos do dia 08 de janeiro. O requerimento engloba o monitoramento de invasões de terra no Brasil, no período de 1º de janeiro até 2 de março de 2023. Segundo a justificativa apresentada por Salles, a ABIN é um órgão da Presidência da República responsável por fornecer informações e análises estratégicas ao presidente, auxiliando no processo de tomada de decisão. Como órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN), a ABIN tem a missão de garantir que o Executivo Federal tenha acesso a conhecimentos relacionados à segurança do Estado e da sociedade.

Leia Mais

Ao longo dos anos, a ABIN tem monitorado as atividades do MST no território nacional, enviando relatórios periódicos de inteligência sobre suas ações ao Ministro do GSI e, posteriormente, ao Presidente da República. No entanto, recentemente, a ABIN foi transferida do GSI para a Casa Civil.  De acordo com o requerimento do ex-ministro deJair Bolsonaro (PL-RJ), a mudança ocorreu em um momento em que as invasões de terra atingiram um nível recorde no país.

Diante desse contexto, Salles argumenta que é necessário obter conhecimento sobre as atividades de inteligência desempenhadas pela ABIN, incluindo o monitoramento das invasões de terra, a articulação do SISBIN e a análise das informações produzidas pelos órgãos de inteligência federais e estaduais. Além disso, busca-se compreender quais medidas o GSI adotou para informar as autoridades competentes e tomar ações adequadas para coibir as invasões de terras.

O relator da CPI do MST conta com o apoio dos demais parlamentares para que o requerimento seja aprovado e o ex-Ministro Gonçalves Dias possa prestar os devidos esclarecimentos sobre as ações da ABIN no monitoramento das invasões de terra durante sua gestão.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site