betano

SEÇÕES

Flávio Nogueira Jr denuncia casos de assédio a ciclistas em THE

Secretário de Turismo, o deputado estadual licenciado disse que irá procurar as autoridades para a adoção de medidas concretas

Assédio em Teresina: Flávio Nogueira denuncia crime contra ciclistas | Alepi
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Secretário de Turismo, o deputado estadual licenciado Flávio Nogueira Jr(PDT)denunciou nesta quinta-feira, 08 de abril, casos de assédio envolvendo ciclistas em Teresina

Nas suas redes sociais, o político piauiense afirmou que não é uma situação isolada e muitas mulheres têm medo de denunciar. Praticante de ciclismo, o secretário de Turismo pontuou que não poderia se omitir diante das ocorrências na capital piauiense. 

"Tomei conhecimento de casos de assédio envolvendo ciclistas em Teresina. A situação não foi isolada, mas muitas meninas ainda têm receio de denunciar. Algumas por descrédito e outras por vergonha. Como ciclista e também parlamentar, não posso ver situações como essa e me omitir", apontou. 

Assédio em Teresina: Flávio Nogueira denuncia crime contra ciclistas (Foto: Alepi)

Flávio Nogueira Jr ainda destacou que buscará as autoridades competentes, visando a adoção de medidas efetivas para que os casos de assédio não voltem a se repetir. 

"Assédio é crime! Vou buscar as autoridades competentes para que medidas efetivas possam ser feitas para que casos como esses não voltem a acontecer. Todos nós temos direito de praticarmos nossas atividades físicas sem medo", frisou.

Tapa na bunda e palavras de baixo calão

Em suas redes sociais, uma jornalistadeTeresina fez um longo desabafo, relatando 'tapa na bunda' e palavras de baixo calão. Em respeito à vítima, a reportagem não a identificará.  Na postagem, ela cita que outras meninas relataram uma situação similar, porém preferiram não denunciar por 'vergonha da situação'. Confira abaixo o relato completo:

Hoje é primeiro de abril, dia da mentira. Quem dera que o que eu vou contar aqui fosse mentira. Infelizmente não é! Hoje, enquanto pedalava, ali na Universidade Federal do Piauí, um rapaz passou em uma moto e deu um tapa na minha bunda e falou “gostosa”. 

Na hora, não tive reação! Fiquei em choque porque não esperava! E nem tinha o que fazer mesmo! O que estava ao meu alcance era avisar as demais meninas que, assim como eu, correm e pedalam. Não fui a primeira, não fui a única e, infelizmente, não serei a última. 

Muitas meninas me relataram que também foram vítimas, mas algumas nem divulgaram, nem registraram Boletim de Ocorrência, até por vergonha da situação. Porque a nossa sociedade é machista. Ainda tem muito homem escrxxx por aí! Mas, quis deixar meu relato aqui para que sirva de alerta para outras meninas e também para os meninos. Tentem acompanhar as coleguinhas para elas não estarem sozinhas. 

O fato de uma presença masculina ali, talvez inibice atitudes desse tipo! Apesar de revoltada, não suspendi meu treino! Continuei...fiz mais do que a meta e ele não me paralisou e nem vai me paralisar! Continuarei treinando. Agora, com ainda mais cautela, mas atenção e tentando sempre ir em companhia de outras pessoas! Infelizmente, a ameaça que vem das ruas não é só de assaltos, Covid....mas de violências, estupros e mortes! Eu espero, de coração, que as autoridades possam fazer algo e faço o apelo para que as demais meninas vítimas não se calem! É difícil, eu sei, mas vamos fazer a nossa parte! #soquerotreinar #chegadeassedio #elaspedalam #deixaelastreinarem



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site