betano

SEÇÕES

Com soluço há 11 dias,Bolsonaro é internado e cancela reunião entre Poderes

Há 11 dias, manifestações do presidente são interrompidas por contrações involuntárias do diafragma

Bolsonaro | reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O presidente Jair Bolsonarodeu entrada nesta quarta-feira (14) no HFA (Hospital das Forças Armadas). A informação foi confirmada, sob condição de anonimato, por um de seus ministros.

De acordo com outra fonte, a Reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, que estava prevista para as 8h, foi cancelada. O STF (Supremo Tribunal Federal) divulgou nota informando também o cancelamento da reunião entre os chefes de Poderes.

"Foi cancelada a reunião entre os presidentes dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que aconteceria nesta quarta-feira (14). O encontro será oportunamente reagendado", diz o comunicado.

Presidente Jair Bolsonaro é internado para realizar exames 

Segundo o ministro, o presidente está bem. O site Política Distrital informou primeiro o ingresso do mandatário no hospital.

Na noite anterior, Bolsonaro demonstrava certo abatimento quando se queixou a apoiadores na porta do Palácio da Alvorada sobre os 11 dias de uma crise de soluço.

Além disso, o mandatário já havia dito a seus seguidores que teria que passar por uma nova cirurgia para corrigir uma hérnia, herança da facada que levou no abdome em setembro de 2018, durante a campanha.

Crise de soluços 

Opróprio presidente abordou a crise de soluços com apoiadores e em uma entrevista na semana passada.

"Peço desculpa a todos que estão me ouvindo, porque eu estou com soluço já tem cinco dias. Eu fiz uma cirurgia para implante dentário no sábado [3], já aconteceu comigo no passado, talvez, em função dos remédios que eu estou tomando, eu estou 24 horas por dia com soluço", disse Bolsonaro à rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

Ao ser aconselhado pelo âncora a levar um susto para se livrar dos soluços, o presidente disse que, "por enquanto, não estou assustado com nada que acontece no governo".

Depois da conversa que teve com o presidente do STF, Luiz Fux, nesta segunda-feira (12), Bolsonaro concedeu uma entrevista de cerca de 30 minutos, mas só soluçou no começo.

Já na terça-feira (13) conseguiu fazer um discurso inteiro sem interrupções. Mas, pouco depois da cerimônia no Palácio do Planalto, chegou de motocicleta ao Palácio da Alvorada e voltou a soluçar diante dos eleitores.

"Eu estou sem voz, pessoal. Se eu começar a falar muito, volta a crise de soluço" alertou o presidente. "Já voltou o soluço", disse logo em seguida. Posou para fotos e gravou vídeo para um apoiador. "Está ruim de falar", reclamou.

Leia Mais


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site