betano

SEÇÕES

Frentista é assassinado a tiros em posto na zona Leste de Teresina; fotos!

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa investigará o caso.

ry | sry
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um frentista identificado como Guilherme Santos da Luz, de 20 anos foi assassinado com vários tiros na tarde desta quarta-feira (10), em um posto de combustível localizado na avenida João XXIII, na zona Leste de Teresina. 

De acordo com as primeiras informações colhidas pelo realidadgeselina.com, a vítima estava trabalhando no local quando dois suspeitos em uma motocicleta se aproximaram dele e o alvejaram com pelo menos 5 disparos de arma de fogo, fugindo em destino ignorado na sequência. Câmeras se segurança flagraram o momento em que a dupla chega no posto. 

“Dois indivíduos chegaram aqui em uma moto já com o intuito de realizar esse homicídio contra esse frentista. Até onde sabemos, ele não tem passagens pela polícia e foram cerca de quatro a cinco disparos”, explicou o Tenente Alcamyr, do 5° Batalhão. 

A Polícia Militar foi acionada e realizou o isolamento da área, com apoio da Polícia Rodoviária Federal. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, que constatou o óbito de Guilherme. 

“Ele estava abastecendo, eu estava na fila e o posto estava lotado. Ele me chamou e eu aproximei o meu carro. Quando eu ouvi os tiros, eu pensei que era um assalto. Foram quatro tiros seguidos. Vou ficar um tempo com esse barulho dos tiros na minha cabeça", disse uma testemunha ocular, em entrevista para a Rede betano. 

A Perícia Criminal foi acionada para os primeiros levantamentos e o Instituto Médico Legal (IML), para remover o corpo posteriormente. O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investigará o caso.  

Linha de investigação

O DHPP possui uma linha de investigação da morte do frentista, sendo um possível acerto de contas.Guilherme Santos da Luz teria um possível envolvimento na morte do entregador de delivery Rafael Costa Pereira Luz, de 22 anos, baleado na noite do dia 4 agosto deste ano, na porta de uma hamburgueria no bairro Mocambinho, na zona Norte de Teresina. 

Avítima ainda chegou a ser socorrida com vida, mas morreu durante a madrugada da quinta-feira (5), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Conforme a Polícia Civil, Rafael foi baleado na região da barriga. Em um vídeo, a vítima falava antes de morrer o nome “Guilherme” e ainda dizia “foi o Guilherme e o Jubileu”. A Polícia Civil investigará a possível ligação do frentista no crime, o que teria provocado essa retaliação.  

DHPP investiga ligação dos dois crimes (Foto: Redes Sociais)

 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site