betano

SEÇÕES

Exclusivo Namorado de motorista de App detalha momento em que vítima é assassinada

No dia em questão, Marcos Filho estava chegando à casa do namorado, como de costume, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta.

Namorado de motorista de App detalha momento em que é vítima é assassinada | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O namorado do motorista de aplicativo Marcos Venicio Cordeiro Silva Filho, que foi assassinado com um tiro no peito na madrugada de domingo (10) no bairro Lourival Parente, na zona Sul de Teresina, detalhou, com exclusividade à Rede betano, o momento de terror vivenciado na mão dos criminosos.

Leia Mais

No dia em questão, Marcos Filho estava chegando à casa do namorado, como de costume, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta que anunciaram o assalto. Em seguida, os criminosos pediram que as vítimas saíssem do veículo em que estavam. Neste momento, a vítima teria questionado os suspeitos.

“A gente estava como sempre, ele veio me deixar, e a gente ficava conversando na porta de casa. Estávamos conversando como sempre, mexendo no celular, fazendo planos. Eu não vi ninguém chegar, só sei que em um certo momento apareceu duas pessoas na janela (do veículo em que estavam), uma falando ‘desce do carro’, a gente desceu”, explica o namorado da vítima, principal testemunha. 

Assista!

O jovem detalhou toda a reação da vítima no momento em que desceram do carro a mando dos suspeitos. Na ocasião, Marcos teria indagado: “para que tu ta fazendo isso”; “o que é isso”. O que provocou os criminosos, que imediatamente disparam um tiro. 

“O cara mandou ele se afastar algumas vezes, e o Marcos não se afastava”, explicou o namorado da vítima.

À Rede betano, a sogra de Marcos contou que naquela noite ouviu gritos de socorro e rapidamente procurou outras pessoas da casa para averiguar a situação. Em seguida, a família correu para fora e avistou o filho ao lado da vítima, que estava deitada no chão atingida pelo tiro. 

“Eu estava deitada quando ouvi os tiros. Abri a janela do meu quarto e vi meu filho desesperado por que o colega (Marcos) tinha pegado esse tiro. Quando eu estava saindo, meu outro filho estava atrás de levar o menino (Marcos) para o médico. Eu vi o rapaz deitado no chão, e eu não vi nem sangue. Minha neta correu e ficou perto dele (Marcos) falando com ele, e colocaram ele dentro do carro, e meu filho falando com ele, para reagir, para não dormir. Quando chegou lá, o rapaz (enfermeiro) levou logo para fazer os procedimentos. Disseram que fizeram tudo, mas não conseguiram, não tiveram um resultado bom”, relatou.

Momento do roubo seguido de morte | FOTO: Reprodução

Ocrime que chocou Teresina, agora está nas mãos do DHPP - Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa. A família clama por justiça a fim de que os suspeitos sejam presos. Até a última atualização desta reportagem, nenhum envolvido no latrocínio foi preso. 

“Quero justiça. Nada vai trazer o Marcos de volta. Nada vai trazer um consolo para mim. O mínimo que eu e toda família dele precisamos é justiça. A gente precisa que eles sejam presos e que paguem por isso”, enfatizou o namorado da vítima.

VEJA O MOMENTO DO CRIME



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site