betano

SEÇÕES

Picanha, diesel e botijão de gás: confira os itens com mais corte de preços em 2023

Para além dos alimentos, 2023 também testemunhou quedas significativas em produtos que, durante a pandemia, sofreram aumentos consideráveis

Supermercados | Alexandre Severo
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Em 2023, realizar compras nos supermercados tornou-se, em geral, um pouco mais econômico. Segundo dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgados nesta quinta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), houve uma diminuição média de 0,52% nos preços dos alimentos ao longo do último ano, enquanto a inflação geral alcançou 4,62%.

As reduções nas gôndolas foram lideradas pelo óleo de soja, que apresentou uma expressiva diminuição de 28%. Dentre os destaques, uma lista abrangente de carnes, sendo a picanha, a alcatra e o filé mignon, com quedas em torno de 10%. O preço do quilo do acém registrou uma redução de 11,9%, enquanto o da paleta, também conhecida como pá, caiu 12,6%.

Para além dos alimentos, 2023 também testemunhou quedas significativas em produtos que, durante a pandemia, sofreram aumentos consideráveis. Isso inclui o etanol, que encerrou o ano 8,2% mais barato, e o diesel, com uma redução de 7,8%, apesar do aumento de 12% na gasolina. O botijão de gás também integra a lista de alívio, com uma redução de quase 7%.

Por outro lado, passagens aéreas e outros alimentos, como frutas e azeite, destacaram-se entre os itens que mais aumentaram. A seguir, veja as maiores reduções entre os alimentos e outros itens.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Para mais informações, acesse realidadgeselina.com

Leia Mais


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site