betano

SEÇÕES

Novos casos de IST rara que provoca danos cerebrais acende alerta; entenda

Casos acenderam alerta para infecção sexualmente transmissível (IST) rara, diz autoridades de saúde dos Estados Unidos

A forma mais comum de contrair a doença é através de sexo vaginal, anal ou oral desprotegido com alguém infectado | Reprodução: Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um alerta foi acendido por autoridades de saúde dos Estados Unidos após cinco mulheres de Michigan contraírem sífilis ocular. As cinco mulheres se relacionam sexualmente com o mesmo homem. Essa infecção sexualmente transmissível (IST) não tem dados corriqueiros de infecção nos olhos, não é comum que a bactéria conhecida como Treponema pallidum, se espalhe dessa maneira.

Geralmente, essa manifestação ocorre em indivíduos com a doença em estágio avançado, aqueles com mais de 65 anos, com histórico de uso de drogas intravenosas e aqueles que têm HIV. No entanto, nenhuma das mulheres envolvidas neste surto se enquadra nestas categorias. Os especialistas temem que isso possa significar a evolução de uma nova cepa da bactéria da sífilis.

Essa é a primeira vez que se documenta um parceiro heterossexual comum num grupo de sífilis ocular na história, de acordo com o Centro de Controle de Doenças (CDC). Isso sugere que uma estirpe não identificada de T. pallidum pode ter sido associada a um risco aumentado de manifestações sistêmicas de sífilis.

Como essa doença se espalha?

Essa infecção se espalha através do contato direto pele a pele. A forma mais comum de contrair a doença é através de sexo vaginal, anal ou oral desprotegido com alguém infectado. Mas a infecção também pode ser transmitida de mãe para filho em qualquer fase da gestação ou no momento do parto.

Quais os sintomas?

Mulheres infectadas, com idades entre 40 e 60 anos, apresentaram dores de cabeça, visão turva, moscas volantes e fotofobia (desconforto ocular sob luz forte). O homem tinha sífilis latente precoce – uma fase em que a doença ainda está presente, mas não há sintomas. Ele não desenvolveu sífilis ocular e foi tratado com penicilina.

Quais as consequências da sífilis?

Essa infecção sexualmente transmissível (IST), quando não tratada, pode afetar vários órgãos, incluindo o cérebro. Os danos cerebrais associados à sífilis são frequentemente observados na forma de neurosífilis, que é a invasão do sistema nervoso central pela bactéria. Os sintomas daneurosífilis podem variar e incluir:

  • Meningite sifilítica: inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal.
  • Meningovascular sífilis: afeta os vasos sanguíneos que fornecem sangue ao cérebro, o que pode levar a derrames.
  • Paralisia sifilítica: pode causar danos ao sistema nervoso central, resultando em sintomas como fraqueza muscular, falta de coordenação e problemas de fala.
  • Tabes dorsalis: afeta a medula espinhal, levando a problemas sensoriais, perda de reflexos e dificuldades de coordenação.


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site