betano

SEÇÕES

Dores insuportáveis? Conheça 5 métodos para aliviar dores da menstruação

De cada 10 pessoas, pelo menos uma experimenta níveis de dor que podem afetar suas atividades diárias em cada ciclo

Muita gente não sabe é que esse temido sintoma da menstruação pode ser atenuado com algumas práticas | Reprodução: Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

As pessoas normalmente sentem suas cólicas imediatamente antes ou no momento em que o sangramento começa em cada ciclo. As cólicas geralmente duram cerca de 1 a 3 dias e podem começar a partir de uma dor forte e que melhora com o passar das horas, ou vai e volta aleatoriamente. Além disso, elas podem ser quase imperceptíveis, bastante dolorosas ou severas. De cada 10 pessoas, pelo menos uma experimenta níveis de dor que podem afetar suas atividades diárias em cada ciclo

A dor moderada a intensa é a mais comum em 2 a 3 anos depois da primeira menstruação (menarca) e geralmente melhora depois dos 20 anos, ou após a gestação e o parto. O que muita gente não sabe é que esse temido sintoma da menstruação pode ser atenuado com algumas práticas. Ao conseguir controlar esse problema, é possível que outros efeitos — como o mau humor, a improdutividade e o estresse — também sejam controlados. Ou seja, você mata dois coelhos (ou mais) com uma cajadada só. Quer conhecer 5 dicas comprovadamente eficazes para aliviar a cólica de um jeito rápido, além de outras informações relacionadas? Continue a leitura e fique por dentro para um maior cuidado com a saúde da mulher!

Quais são os tipos de cólicas menstruais?

Primeiro, é preciso conhecer os tipos de cólicas, divididas em primárias e secundárias, para saber qual método pode ser mais eficaz para tratar o sintoma. As primárias são as mais frequentes e tendem a surgir logo depois da menstruação. Felizmente, existem várias medidas úteis contra esse incômodo. Por outro lado, a cólica pode ser do tipo secundária, ocasionada por problemas de saúde, como endometriose, síndrome do ovário policístico (SOP), alterações no DIU etc. Nesses casos, as dicas existentes para aliviar os sintomas podem não resolver, de fato, a causa. Em geral, as cólicas secundárias são bem mais incômodas que as primárias. Por isso, é importante consultar um médico, para que ele possa identificar o tipo de cólica e propor um tratamento adequado.

Como diminuir as cólicas?

1. Use bolsas de água quente

As cólicas surgem por contrações intensas do útero, que podem ser aliviadas com bolsas de água quente. Isso porque a alta temperatura dilata os vasos da região e ativa o fluxo sanguíneo, atenuando os efeitos das prostaglandinas — grupo de lipídios que faz o útero se contrair. Ainda, o calor também ativa as endorfinas, hormônios do bem-estar e da felicidade. Ou seja, as bolsas quentes deixam o seu útero ‘’calminho’’ e também auxilia diretamente no seu humor e paz de espírito. Os benefícios do calor proporcionado no organismo também incluem o consumo de chás quentes, que podem deixar você mais relaxada e pronta para vencer mais um período menstrual. O escalda-pés também tem esse objetivo, graças às substâncias analgésicas, calmantes e anti-inflamatórias.

2. Tenha uma alimentação balanceada

Alguns alimentos podem estimular a produção de prostaglandinas, que agitam o seu útero durante a menstruação. Estudos sugerem que esse seja o caso das frituras e gorduras, além de produtos como sal, carne vermelha, cafeína e álcool. A situação pode ficar ainda mais delicada porque algumas mulheres ficam mais tentadas a comer esse tipo de alimento na fase menstrual. Então, lembre-se de que esse hábito pode piorar a cólica.  Assim, invista em uma alimentação balanceada, com alimentos anti-inflamatórios — como banana, abobrinha, soja, frutas vermelhas e salmão. Ao fazer isso, você poderá ter um maior relaxamento muscular. Outra recomendação é consumir mais água nesse período.

3. Pratique exercícios e alongamentos para cólica

Os exercícios físicos são recomendados em qualquer período, já que fazem bem para a saúde física e mental. Durante a menstruação, eles se tornam ainda mais importantes, por liberar endorfinas que diminuem as dores musculares. É comum que as mulheres com muita cólica queiram ficar quietinhas, preferencialmente deitadas. Porém, lembre-se de que um dos melhores remédios para esse sintoma é se movimentar com exercícios físicos e alongamentos.  Mas não precisa partir para opções tão pesadas: as atividades mais leves, como caminhar, pedalar e fazer yoga já são muito benéficas. Até porque, é possível que algumas pessoas sintam a cólica com mais intensidade — e se movimentar demais seja inviável.

4. Faça atividades prazerosas

O estresse e a ansiedade, comuns no período menstrual, são inimigos da cólica e podem piorar o problema por tensionar ainda mais os músculos do útero. Então, procure fazer atividades prazerosas, como ler, assistir a filmes e séries positivas, ouvir música, conversar com quem gosta etc. Nesse período, até ouvir um passarinho cantarolando pode ser estressante para você. Logo, qualquer esforço da sua parte para atenuar as cólicas é muito bem-vindo. Só lembre-se de não querer relaxar descontando na alimentação, que pode trazer efeitos contrários.

5. Não se automedique

Existem vários medicamentos vendidos na farmácia sem receita e úteis contra a cólica. No entanto, a automedicação nunca é a recomendação, por mais que os sintomas nem sempre sejam tão severos. Primeiro porque as pessoas podem escolher algo inadequado — como analgésicos, que não são muito eficazes para essa finalidade. O segundo motivo é que para o tratamento funcionar, principalmente com remédio, é preciso identificar o tipo de cólica.

Como vimos, esse problema pode surgir devido a doenças sérias, como a endometriose. Então, procure um médico ginecologista ou um endocrinologista para obter as melhores orientações. Entendeu como é possível diminuir as cólicas menstruais? É importante colocar essas recomendações em prática para que o seu período menstrual seja mais tranquilo e afete menos a sua rotina. Afinal, algumas mulheres têm dificuldade até em sair da cama, devido às dores e outros incômodos.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site