betano

SEÇÕES

Aprenda a reconhecer os primeiros sinais de um derrame

O AVC é a principal causa de morbidade e a segunda principal causa de morte no mundo todo

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) acontece quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem | Reprodução: Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde disponíveis no portal Datasus, o número de mortes por AVC chegou a 106,9 mil no ano passado, aumento de 6% em relação aos 100,2 mil óbitos registrados dez anos antes, em 2012. Esses números alarmantes aumentam a importância de reconhecermos os primeiros sinais de um derrame e agir antes que o pior aconteça. 

Como acontece um AVC?

O Acidente Vascular Cerebral (AVC), também chamado de derrame, ocorre quando o fornecimento de sangue ao cérebro é interrompido. Em cerca de 80% dos casos, isso acontece devido a um coágulo sanguíneo ou artéria bloqueada. Também pode ocorrer se o próprio vaso sanguíneo estiver danificado.

Sem um bom suprimento de sangue, as células cerebrais não recebem o oxigênio necessário para funcionar. Se o fornecimento for interrompido por tempo suficiente, as células cerebrais morrem. Os efeitos de um derrame dependerão da duração da interrupção.

Sintomas de derrame podem aparecer até uma semana antes

O miniAVC ou ataque isquêmico transitório (AIT) ocorre quando o vaso sanguíneo é bloqueado apenas temporariamente. Os sintomas podem desaparecer em minutos à medida que o suprimento de sangue retorna e pode não haver muitos danos permanentes às células cerebrais.

Quando ocorre um AIT, isso pode servir como um sinal de que um AVC mais grave está a caminho, por isso é importante levá-lo a sério e procurar ajuda, mesmo que os sintomas desapareçam. Cerca de 4 em cada 10 pessoas que sofrem um AIT sofrerão um derrame. Casos graves podem causar  problemas a longo prazo devido aos danos nas células cerebrais.

Como reconhecer os primeiros sinais de um derrame?

  • Fraqueza ou dormência facial, braço ou perna (principalmente em um lado do corpo): Uma parte do rosto pode parecer caída, e a pessoa pode ter dificuldade em sorrir. A fraqueza ou dormência pode ocorrer em um braço ou perna, especialmente em um lado do corpo.

  • Confusão repentina, dificuldade de compreensão ou fala arrastada: A pessoa pode ter dificuldade em falar ou entender palavras. Pode apresentar confusão súbita e problemas na formulação de frases. Também pode ter dificuldade repentina para enxergar. A visão em um ou ambos os olhos pode ficar turva, e pode haver perda
    súbita de visão.

  • Dor de cabeça súbita e intensa: Uma dor de cabeça forte e repentina, muitas vezes descrita como a “pior dor de cabeça da vida”, pode ocorrer em casos de derrame hemorrágico.

  • Tontura súbita, perda de equilíbrio ou coordenação: A pessoa pode ter dificuldade em se manter de pé, caminhar ou coordenar os movimentos.

Quem está em risco de um derrame? É mais provável que você tenha um derrame se:

  • Você está acima do peso;
  • Você fuma;
  • Você bebe muito álcool;
  • Você tem colesterol alto;
  • Sua pressão arterial está alta;
  • Você tem certas condições, como diabetes ou fibrilação atrial.


Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site