betano

SEÇÕES

Anda muito estressado? Você pode estar com labilidade emocional; entenda

Por causa do quão perturbadora a labilidade emocional pode ser, ela afeta significativamente a vida diária

A labilidade emocional é frequentemente evidenciada por comportamentos destrutivos ou tóxicos | Reprodução: Internet
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Você anda muito estressado, inseguro e impulsivo? Você pode estar sofrendo de labilidade emocional. Pouco conhecida, a condição caracterizada por mudanças exageradas e sucessivas no humor, sentimentos e emoções. O termo vem da palavra latina labilis, que significa “tropeçar, balançar ou mover-se de maneira instável”.  

A labilidade emocional é frequentemente evidenciada por comportamentos destrutivos ou tóxicos. Essas ações podem incluir acessos de raiva ou gritos, destruição de objetos, violência contra terceiros e automutilação. As respostas podem ocorrer aparentemente do nada, acionadas em segundos.

A labilidade emocional está presente em pessoas com várias doenças mentais, incluindo transtorno bipolar, transtorno de estresse pós-traumático e transtorno de personalidade borderline. Por causa do quão perturbadora a labilidade emocional pode ser, ela afeta significativamente a vida diária e o funcionamento. Isso pode incluir os relacionamentos e a vida profissional.

De acordo com critérios diagnósticos do DSM-5, o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, pessoas que apresentam alta labilidade emocional podem transitar rápida e dramaticamente entre estados emocionais. As pessoas diagnosticadas com o sintoma podem intercalar emoções positivas (felicidade, alegria, emoção, entusiasmo, diversão) com negativas (tristeza e melancolia) repentinamente.

Características de labilidade emocional

Comumente observada em pessoas com transtornos de personalidade, como transtorno de personalidade limítrofe, a labilidade emocional também pode ocorrer em condições como transtorno bipolar e transtorno de estresse pós-traumático. Além disso, compreender seus gatilhos pode ajudar a saber o que evitar e o que o desencadeará. Os gatilhos podem incluir:

  • fadiga e cansaço excessivo;
  • estresse e ansiedade;
  • excesso de ruído e estimulação;
  • sensação de estar sob pressão;
  • situações muito tristes ou engraçadas;
  • certos tópicos de discussão;
  • mortes de entes queridos;
  • falar em público.

Sintomas

  • mudanças repentinas do humor;
  • inabilidade para controlar as próprias emoções e sentimentos;
  • explosão de raiva sem motivo aparente;
  • choro ou riso incontrolável em momentos inadequados;
  • variação entre amor e ódio em um curto espaço de tempo;
  • tristeza excessiva que aparece de repente e sem explicação;
  • comportamento autodestrutivo;
  • sentimento de vazio e tédio constante.

Tratamentos

Entre os possíveis tratamentos para a condição, o tratamento indicado para a labilidade emocional pode envolver medicamentos antidepressivos e psicoterapia. Exercícios físicos e meditação também podem ajudar. O envolvimento em psicoterapia o ajudará a aprender a gerenciar suas emoções e impulsos de maneira saudável. Desde aprender novas habilidades de enfrentamento até entender melhor seus gatilhos emocionais, você estará preparado(a) para lidar com todos os aspectos de sua labilidade de humor.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
betano Mapa do site